terça-feira, 12 de março de 2019

Ceará registra maior queda de mortes violentas em 10 anos, diz SSPDS

Foto: Divulgação
O Ceará teve uma redução de 54,8% em mortes violentas no mês de fevereiro, com 163 pessoas assassinadas. O número é o menor resultado desde 2009. Os Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs) são referentes a homicídios dolosos, latrocínios (roubo seguido de morte) e lesão corporal seguida de morte.

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), o número de mortes diminuiu em todas as regiões do Estado, o que teria resultado em 198 vidas salvas. Em fevereiro de 2018, foram 361 vítimas. Já no mês passado, esse número caiu para 163. No acumulado de janeiro a fevereiro em dez anos, esta é a maior redução na série histórica do Estado.

A maior diminuição em fevereiro ocorreu na Região Metropolitana da Capital, com uma queda de 65,4%, passando de 104 casos para 36. Em seguida veio Fortaleza, com uma redução de 55,4%, diminuindo de 121 para 54, o que correspondeu a uma média diária abaixo de duas vítimas por dia em Fortaleza.

No Interior Norte, no segundo mês do ano passado, foram registrados 69 CVLIs e esse número baixou para 36, em fevereiro último, o que correspondeu à diminuição de 47,8%. Já no Interior Sul, a queda foi de 44,8%, passando de 67 para 37 crimes.

Todas as estatísticas são geradas pela Gerência de Estatística e Geoprocessamento (Geesp) da Superintendência de Pesquisa e Estratégia de Segurança Pública (Supesp), vinculada à Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).

No acumulado dos dois primeiros meses do ano de 2019, a queda nas estatísticas de mortes violentas foi de 57,9%, com 488 vidas salvas. O número que era de 843, na soma de janeiro e fevereiro do ano passado, caiu para 355 neste ano.

Na Região Metropolitana, somando os meses de janeiro e fevereiro, a redução no acumulado dos CVLIs, foi de 65,6%, passando de 256 para 88. Em Fortaleza, o número que era de 285 reduziu para 105, correspondendo à queda de 63,2%. No Interior Norte, janeiro e fevereiro deste ano contabilizaram uma queda de 50,6%, caindo de 156 para 77. Por último, no Interior Sul, a redução foi de 41,8%, indo de 146 vítimas para 85.

*Com: (O POVO – Repórter Angélica Feitosa)
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário