quarta-feira, 4 de julho de 2018

Juazeiro sedia 3º Congresso de Tradições de Matrizes Africanas e Indígenas no Cariri

Juazeiro do Norte, na região metropolitana do Cariri sedia de 13 a 16 de julho de 2018, no SESC Juazeiro,  o III Congresso de Tradições de Matrizes Africanas e Indígenas (III CTM Africar). 

O encontro é organizado pelo Centro Nacional de Africanidade e Resistência Afro-Brasileira - Núcleo Ceará-Cariri (Cenarab), Rede Nacional de Religiões Afro-brasileiras e Saúde – núcleo Kariri (Renafro), Núcleo de educação para a promoção da igualdade racial vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Social e Trabalho de Juazeiro do Norte-CE (Nepir/Sedest) e Laboratório Interdisciplinar de Estudos da Violência (Liev/Unileão).

TEMÁTICA- O evento abordará temáticas como “Religiões, Intolerância Religiosa, Educação e Estado Laico”

O III CTM Africar é uma continuação e evolução do I Congresso de Religiões de Matriz Africana no Cariri realizado ainda em fevereiro de 2014, em Juazeiro do Norte, e visa abordar a realidade das tradições de matrizes africanas e indígenas, na perspectiva de valorizá-las e desconstruir conceitos estereotipados referentes a estas.

Para o professor Samuel Esmeraldo, o evento se configura como “uma grande oportunidade para um encontro entre acadêmicos, profissionais e comunidades tradicionais de povos de Terreiros, indígenas e quilombolas”.

PROGRAMAÇÃO:
Mesa redondas acerca de questões como a presença do diabo no imaginário das religiões afro-brasileiras (Que macumba é essa que não acredita no diábo?); 

A construção do Estado Laico no Brasil: aspectos legais, práticos e pedagógicos; Diáspora Africana; Intolerância, Racismo religioso e direitos humanos, são alguns temas.

Atividades culturais e oficinas de turbante, tranças, cuidados em saúde a partir das folhas, mostra de cinema e de fotografias, estão previstas na programação. Para participar como ouvinte ou até mesmo para submissão de artigos e apresentações artísticas, é preciso se inscrever. 

*Jornalista Ronuery Rodrigues
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário