domingo, 6 de agosto de 2017

Projeto Cantoria Mensal acontece amanhã (07), em Juazeiro do Norte

No texto "Da cantoria convencional ao Festival de viola" o investigador e estudioso da cultura nordestina Pedro Ernesto Filho traz um relato pertinente a respeito do surgimento do cantador de viola: "A poesia popular, verdadeiro pano de fundo da cantoria, tem suas raízes na França. Segundo os pesquisadores, a poesia popular começou a florescer naquele país, com maior realce, por volta do século XI. Adentrou no Brasil, no meado do século XVII, através da fusão da poesia local portuguesa com a trova dos poetas franceses, alojando-se de forma mais acentuada no Nordeste, principalmente nos estados da Paraíba, Pernambuco e Ceará. Foi aí que coube ao Brasil o privilégio do aparecimento do legítimo cantador de viola. " No Cariri, Vandinho, com o Programa Ceará diVerso tem difundido com maestria e obstinação esta milenar manifestação cultural. Na próxima segunda, você que reside em Juazeiro do Norte terá a oportunidade de conferir mais uma peleja de viola entre dois reconhecidos mestres desta arte oriunda da poesia popular. De um lado, o iguatuense e apresentador da Rádio Jornal Joas Rodrigues com o seu familiar verso de velho sonho bom. Do outro, Agostinho de Oliveira poeta radicado no Juazeiro e apresentador na Rádio Verde Vale. A noite de cantoria contará ainda com o comando do comunicador do Ceará diVerso e a participação especial do comediante Tranquilino Ripuxado.

SERVIÇO:
Data: 07/08/2017 - Segunda
Local: Juazeiro do Norte. No largo da RFFSA. No Bairro dos Franciscanos.
Horário: 19:30h.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário